Get Adobe Flash player

Eventos

Destaques do XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia

De 2 a 4 de setembro, no Expo Center Transamérica, especialistas de São Paulo e do Brasil debaterão os temas mais relevantes para a boa assistência à mulher

Diabetes e hipertensão na gravidez, cirurgia minimamente invasiva, vacinas para o HPV, câncer ginecológico, rastreamento do câncer de colo uterino, cirurgia robótica… É amplo e rico o temário do XV Congresso Paulista de Ginecologia e Obstetrícia, que ocorre entre 2 e 4 de setembro, com o intuito de contemplar todas as necessidades dos especialistas em sua atuação diária.

“A programação abordará os principais tópicos em ginecologia e obstetrícia para oferecer atualização prática de excelência”, afirma Paulo Giraldo, diretor científico da SOGESP. “Será um grande diferencial para o desenvolvimento profissional e a consequente qualificação da assistência à saúde de nossas pacientes”.

Para a edição 2010 do Congresso, além dos tradicionais Julgamentos Médicos, ocorrerão fóruns especiais sobre residência médica em ginecologia e obstetrícia; avaliação do ensino médico no estado de São Paulo; debates sobre honorários médicos em tocoginecologia; palestras sobre a valorização profissional; discussão sobre qualidade de vida dos especialistas; sobre gerenciamento de consultórios e muitos pontos e contrapontos sobre assuntos polêmicos.

“Construímos um congresso que atende às necessidades científicas de nossos pares, mas que não fica apenas nisso. Abriremos espaços privilegiados para tratar de nossa atual realidade profissional: vamos falar de honorários, dos problemas com os planos de saúde e na saúde pública, abrir a possibilidade de aperfeiçoar as rotinas dos consultórios e assim por diante, comenta César Eduardo Fernandes, presidente da SOGESP. “Enfim, teremos um encontro vivo e efervescente com papel transformador de nosso presente e futuro.”

O formato do XV Congresso Paulista é bem dinâmico. Serão 38 conferências, 63 mesas- redondas, 10 cursos intracongresso e mais 10 pré-congresso, além de 40 sessões de café com especialistas e 10 lunch meetings.

Também foram organizadas 11 sessões de ponto e contraponto, 8 debates informais, 20 sessões de “O que há de novo em…”, 6 sessões interativas, 5 períodos de apresentação de trabalhos científicos em forma de pôster, e ainda 30 apresentações orais dos melhores projetos. Como já se sabe que muitas palestras serão extremamente concorridas, a coordenação disponibilizará telões para acompanhamento simultâneo em duas salas extras.

Confira a programação cientítica preliminar no portal www.sogesp.com.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Encontro debate as novidades no tratamento e no diagnóstico da tuberculose no país

Um dos destaques do evento será a discussão acerca do novo esquema de tratamento proposto recentemente pelo Programa Nacional de Controle da Tuberculose

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) promove, de 26 a 29 de maio no Hotel Windsor Guanabara, no Rio de Janeiro, o IV Encontro Nacional de Tuberculose e I Fórum da Parceria Brasileira Contra a Tuberculose. O evento é fruto da união de esforços da SBPT com o Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde, da Rede TB e da Parceria Brasileira contra Tuberculose.

De acordo com Marcus Conde, coordenador da Comissão de Tuberculose da SBPT e um dos organizadores do evento, um dos destaques desta edição do Encontro é a realização conjunta do Fórum da Parceria Brasileira contra a Tuberculose. “É um momento bastante oportuno para discutir as modificações no tratamento da tuberculose recentemente implementadas no Brasil, bem como as recomendações internacionais para os cuidados com a doença”. Entre as novidades desta edição destacam-se ainda a realização de cursos pré-Encontro e a gratuidade na inscrição de um número limitado de alunos de cursos de graduação da área da saúde como Medicina e Enfermagem.

Para o evento, a Comissão Científica está reunindo o que existe de novo tanto em termos de pesquisa quanto no campo do diagnóstico e do tratamento.

Conde destaca, ainda, a excelente oportunidade que o Fórum representa a todos os profissionais envolvidos no combate da tuberculose. “É uma chance rara de estarmos juntos, discutindo e debatendo os melhores caminhos a trilhar. Esta é a melhor maneira de reunir todos os envolvidos tanto na assistência quanto na gestão e na pesquisa e ensino da tuberculose para discutir, trocar experiências e interagir com a sociedade civil organizada, com o objetivo de pactuar os mais adequados caminhos para o combate efetivo deste sério agravo de saúde publica”.

A SBPT espera que todos os envolvidos de alguma forma no combate da tuberculose possam participar. “A Tisiologia faz parte do dia-a-dia de todos os pneumologistas, portanto, é de fundamental importância que estejamos presentes no evento para dividir nossa experiência com todos os profissionais da área de saúde”, finaliza Conde.

Os números da  Tuberculose

• O Brasil é um dos 22 países responsáveis por 80% de todos os casos de tuberculose no mundo

• Rio de Janeiro e Amazonas detém as mais elevadas taxas de incidência de tuberculose no país

• Embora de 1999 a 2008 a taxa de incidência de casos notificados no Brasil tenha se reduzido de 51 casos para 37 casos entre cada 100 mil habitantes, a cada ano ainda surgem aproximadamente 80 mil novos casos de tuberculose

• A doença é a quarta causa de morte por doenças infecciosas em adultos no país, e a primeira em pacientes com Aids.

Recentes mudanças no tratamento

O Programa Nacional de Controle da Tuberculose propôs algumas mudanças no tratamento, que hoje é de 6 meses e utiliza 3 medicamentos distintos. Ainda este ano, segundo Marcus Conde, o tratamento passará a ser com 4 medicamentos, a exemplo do que já acontece em quase todo o mundo. Além disso, os medicamentos estarão sob apresentação de comprimidos em dose fixa combinada (DFC).

Segundo ele, a introdução do quarto medicamento é consequência do aumento de casos resistentes sobretudo ao medicamento isoniazida, um dos que compõe o tratamento. “Foi constatado no Brasil que nos últimos 10 anos houve um aumento na resistência e, em função disso, agrega-se esse 4° medicamento”, complementa.

Serviço:

IV Encontro Nacional de Tuberculose e I Fórum da Parceria Brasileira Contra a Tuberculose

Data: 26 a 29 de maio

Local: Hotel Windsor Guanabara

Endereço: Av. Presidente Vargas, 392, Rio de Janeiro, RJ

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Defesa Profissional é tema de Fórum de angiologistas e cirurgiões vasculares

Profissionais da classe médica se reúnem para reflexão sobre um conjunto de ações e atitudes que visam o pleno exercício da profissão

Acontece no próximo dia 27 de maio de 2010, o XVIII Fórum Nacional da SBACV, edição São Paulo, com o tema “Defesa Profissional”, no Teatro da Faculdade de Medicina da USP – Universidade de São Paulo, às 20 horas – sob a coordenação do presidente da SBACV-SP – Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular / Regional São Paulo, Calógero Presti e dos seus diretores de Defesa Profissional, Rubem Rino e Salomão Goldman.

Na ocasião, o presidente da AMB – Associação Médica Brasileira, Dr. José Luis Gomes do Amaral, discorrerá, às 20h00, sobre a atuação da AMB – Associação Médica Brasileira junto a outros órgãos de classe, ao Governo, à iniciativa privada e o estabelecimento de uma política conjunta de defesa profissional. Em seguida, às 20h30, o presidente da APM – Associação Paulista de Medicina, Dr. Jorge Carlos Machado Curi se pronunciará sobre o rol da ANS – Agência Nacional de Saúde, TISS – Troca Informações em Saúde Suplementar, CBHPM – Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos na saúde suplementar, TUSS – Terminologia Unificada da Saúde Suplementar e os honorários profissionais, entre outros.

A realização dos fóruns nacionais é um projeto da SBACV – Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e suas regionais no País com objetivo de informar e provocar a colocação de dúvidas e dificuldades, em busca de consenso e soluções. A primeira edição aconteceu em Minas Gerais, contando com a participação do presidente da SBACV, Dr. Guilherme Pitta. Esse primeiro fórum mostrou com clareza a situação de desinformação em que se encontra em relação ao conhecimento e reivindicação dos direitos médicos.

A edição de Minas Gerais abordou ainda mais as buscas pela defesa profissional, mostrando com clareza e sem subterfúgios o que ocorre no momento com a especialidade, além do sucesso de negociações de médicos diretores de hospitais, com as OPS – Operadoras de Plano de Saúde, melhorando prazos de pagamentos e aumentando o respeito pela classe.

O Fórum Nacional é uma iniciativa da SBACV Nacional sob a coordenação de sua idealizadora, a angiologista Solange Seguro Meyge Evangelista que, junto aos presidentes das regionais realiza os mesmos. Na organização e formulação do dos fóruns, está o Departamento de Defesa Profissional, composto pelos colegas Edno Lopes Caldeira e Dino Colli, e por Paulo Borem da Comissão de Defesa profissional da SBACV.

Serviço: Fórum de Defesa Profissional – Edição São Paulo

Data: 27 de maio de 2010

Horário: às 20 horas

Local: Teatro da Faculdade de Medicina da USP – Universidade de São Paulo

Av. Dr. Arnaldo, 455 – Consolação – São Paulo (em frente a Estação Clínicas do Metrô)

Informações: www.sbacvsp.org.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Evento na APM alerta médicos para o correto diagnóstico da dispepsia

Uma das principais queixas gástricas, a doença é comumente confundida com gastrite

A Associação Paulista de Medicina (APM) inicia o Curso de Gastroenterologia em 24 de abril de 2010, sábado, com um módulo que abordará a dispepsia.

O objetivo da palestra é alertar os médicos sobre a importância da investigação da doença, para confirmação do diagnóstico e início precoce do tratamento.

O tema é de grande relevância, pois embora grande parte dos portadores de dispepsia apresente exame endoscópico normal, outros podem ter origem em doenças mais sérias, como uma úlcera, que pode evoluir para o câncer de estômago se não diagnosticada e tratada corretamente.

A aula será ministrada pelo dr. Alexandre Buzaid Neto, especialista em Gastroenterologia pela Faculdade de Medicina do ABC, sob a coordenação do dr. Marcelo da Silva Pedro, cirurgião do Aparelho Digestivo e especialista em Coloproctologia.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.apm.org.br. Mais informações pelo telefone (11) 3188-4281.

Dispepsia

De acordo com o dr. Marcelo da Silva Pedro, a dispepsia é a resposta para grande parte das queixas nos consultórios de gastroenterologistas. Ainda assim, nem sempre o diagnóstico pode ser confirmado por meio de exames.

“Muitos pacientes chegam ao consultório com queixas de fortes dores no estômago, porém a endoscopia não revela nenhuma anormalidade”, explica.

Em geral, bastam algumas orientações sobre hábitos alimentares e prática de atividade física para resolver o problema. Isso porque, além da dieta inadequada, o estresse emocional é outro fator que pode desencadear o problema.

O médico alerta para a importância de se procurar um especialista em casos de azia, dor de estômago, gazes, náuseas, vômitos, sensação de estufamento ou refluxo frequentes, pois a dispepsia pode ter origem em doenças mais sérias, que são mais facilmente tratadas quando diagnosticadas ainda no princípio.

Curso de Gastroenterologia – Módulo I: Dispepsia

Data: 24 de abril de 2010, sábado

Horário: das 9h às 13h
Local: Auditório Verde da APM

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278 – São Paulo – SP

Informações e inscrições: (11) 3188-4281 | www.apm.org.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Seminário Nacional de Acreditação Internacional em São Paulo

Representantes de hospitais do RJ, SP e RS vão debater sobre Gestão e Sustentabilidade.

Gestão e Sustentabilidade do Ambiente Assistencial de Saúde – A Segurança do Paciente como Prioridade. Esse será o tema central do V Seminário Nacional de Acreditação Internacional, programado para 21 de maio, em São Paulo.

Promovido pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA) e pela Joint Commission International (JCI), o seminário terá entre os convidados representantes dos hospitais Moinhos de Vento (RS), Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia-INTO e do Câncer, ambos do Rio de Janeiro, e Albert Eisntein, Samaritano, Alemão Oswaldo Cruz, do Coração e Sírio Libanês, todos de São Paulo.

Os membros do CBA e dos hospitais irão apresentar cases e debater sobre os seguintes temas: Gestão e Sustentabilidade do Ambiente Assistencial de Saúde: Como desenvolvê-las?; Gerenciamento de Materiais Perigosos e Resíduos; Gerenciamento de Emergências e Calamidades.

Para garantir a participação como ouvinte, o interessado deve preencher a ficha de inscrição no site do CBA (www.cbacred.org.br) e fazer o depósito no valor de R$ 400,00 no Banco Santander (033), agência 0126, conta corrente 13002489-0, nominal ao Consórcio Brasileiro de Acreditação. É indispensável o envio do comprovante de depósito via fax para (21)3299-8240 ou para o e-mail: secretaria.ensino@cbacred.org.br, constando nome e telefone de contato do participante para que o CBA possa remeter o recibo.

Mais informações pelos telefones (21)3299 8241 e 3299 8202, no Rio de Janeiro, ou pelos telefones (11) 5080-3728 e 5080-3789, em São Paulo. Ou ainda pelos e-mails:eventos@cbacred.org.br ou rosangelaboigues@cbacred.org.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Inscrições para o simpósio nacional de feridas cutâneas, regeneração e cicatrização da Unifesp vão até o dia 28/02

Estão abertas até o dia 28 de fevereiro, as inscrições de trabalhos científicos  para serem apresentados no I Simpósio Nacional de Feridas Cutâneas, Regeneração e Cicatrização da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

O evento será realizado entre 30 de abril e 1 de maio, no Teatro Marcos Linderberg (Unifesp). As normas para inscrição e apresentação dos trabalhos científicos estão disponíveis no site da unifesp (www.unifesp.br), página  ‘Extensão’, link eventos/trabalhos. As inscrições deverão ser enviadas para o e-mail clc@clceventos.com.br juntamente com a ficha (modelo anexo na página do site) com os dados preenchidos.

Serão aceitos trabalhos de áreas afins, como: pesquisas clínicas, em modelos animais e in vitro, revisões sistemáticas da literatura e estudos ou relatos de casos ou revisões narrativas de assuntos polêmicos ou de interesse na área.

A temática “feridas cutâneas, cicatrização e regeneração” é de grande impacto social, uma vez que acomete grande parte da população, sendo um desafio aos profissionais de saúde de diversas áreas.

Há um crescente interesse pelos tratamentos, com busca de novos meios e produtos terapêuticos, além do desenvolvimento de pesquisas em Biotecnologia. Todos esses procedimentos têm contribuído para diminuir os problemas e propor condutas de tratamento.

O simpósio é uma iniciativa do Programa de Pós Graduação em Cirurgia Plástica da Unifesp (nível 6 da CAPES) e busca agregar profissionais da área com interesse no aprimoramento deste conhecimento.

“Com o olhar no futuro, a Unifesp deixa o passado como sustentação da evolução para novas abordagens. Pensando nisso, a  instituição reunirá importantes grupos de pesquisa de ponta,  oferecendo ao mercado muitas oportunidades e facilidades”,  afirma Dr. Lydia Masako, chefe do departamento de Cirurgia Plástica da Unifesp.

Sobre a UNIFESP

Criada em 1933 por um grupo de médicos reunidos em uma sociedade sem fins lucrativos, a Escola Paulista de Medicina (EPM) foi federalizada em 1956 e, em 1994, transformada em Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), primeira universidade especializada em saúde no País, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão com a criação do campus Baixada Santista. Em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação, a Unifesp implantou os campi de Diadema, Guarulhos e São José dos Campos. O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 26 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de humanas (Guarulhos), exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema). Atualmente, a Instituição conta com 4.454 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 3.153 discentes nos cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado e Mestrado Profissionalizante), outros 6.783 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento) e ainda 675 discentes na residência médica.  A Unifesp tem 906 docentes, sendo que 93% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição. Em 1940 a universidade, então Escola Paulista de Medicina, inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, hoje localizado dentro Campus São Paulo, instalado no bairro Vila Clementino.

Simpósio

Local:Teatro Marcos Lindenberg – Rua Botucatu, 862, 2º andar
Vila Clementino, São Paulo – SP

Inscrições de trabalhos científicos:
Enviar por email até 28 de fevereiro de 2010.Evento

Organização

Bernardo Hochman
(Prof. Orientador do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da UNIFESP)
Daniela Francescato Veiga
(Orientadora do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da UNIFESP).
Diba Maria Sebba Tosta de Souza
(Aluna de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da UNIFESP)

Apoio
Programa Pós Graduação Cirurgia Plástica da Unifesp
Universidade  do Vale do Sapucaí – UNIVÁS Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa e Cirurgia – SOBRADPEC
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP
Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD
Sociedade Brasileira de Queimaduras – SBQ
Instituto Pró-Queimados – IPQ Sociedade Brasileira de Estomaterapia  SOBEST

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

SAMARITANO ABRE INSCRIÇÕES PARA O II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM

O Hospital Samaritano de São Paulo está com inscrições abertas para o II Simpósio Internacional de Enfermagem – que acontece nos dias 21 e 22 de maio. O tema central será “Cuidados paliativos: O que isso tem a ver com você? Questões para o indivíduo, o profissional, os sistemas de saúde e a sociedade”. O evento contará com palestrantes nacionais e internacionais com destacada atuação na comunidade científica.

Assim como na edição anterior, o Simpósio receberá também contribuições e trabalhos científicos de profissionais da enfermagem para reflexão e transferência de conhecimentos. As inscrições dos trabalhos científicos vão até 31/03. Abaixo mais informações sobre o evento. Os interessados podem se inscrever pelo site www.samaritano.org.br e obter mais informações pelo (11) 3966.0962.

Serviço

O que: II Simpósio Internacional de Enfermagem do Hospital Samaritano

Onde: Centro de Convenções Rebouças – Av. Rebouças, 600 – São Paulo, SP

Quando: 21 e 22 de maio de 2010

Outras informações pelo site www.samaritano.org.br pelo telefone (11) 3966-0962

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Dez passos para começar a combater a obesidade

O Dr. Abrão José Cury jr, coordenador do Congresso Paulista de Clínica Médica, que acontece nos dias 16 e 17 de abril de 2010, em São Paulo, dá dez dicas para se sentir melhor e começar a combater a obesidade, doença que abre portas para outros problemas.

1.                Cuide de sua saúde, mais do que de seu aspecto estético.

2.                Não sucumba às promessas de medicamentos mágicos, de dietas milagrosas e equipamentos de ginástica que trabalham por você.

3.                Perigo: medicamentos com hormônio tireoidiano, estimulantes, inibidores de apetite, diuréticos, laxantes, tranquilizantes e antidepressivos, usados em conjunto para emagrecer, são prejudiciais à saúde. Quando unidos a dietas milagrosas, são catastróficos. Podem provocar fraqueza, desmaios, palpitação, Infarto, redução da resistência, síncopes e mal-estar súbito.

4.                Comece passando por uma consulta médica. Através do exame clínico, o médico avalia sua condição física e sua saúde. Só o médico está habilitado a indicar o tratamento adequado para perder peso, o que pode incluir medicamentos.

5.                Um profissional da saúde, como um educador físico, deve ser consultado para que indique a atividade física adequada a seu biofísico.

6.                Procure uma nutricionista para que desenvolva um plano alimentar adequado às suas características e necessidades.

7.                No início, sem exageros e respeitando seus limites, a pessoa deve deixar mais o carro em casa e andar mais a pé. Troque o elevador por alguns lances de escadas.

8.                Evite alimentos gordurosos, doces e fast food.

9.                Nas refeições, prefira legumes, verduras e frutas.

10.           Mantenha-se hidratado, através do consumo de água frequentemente.

11.           Finalmente, entenda que o importante não é chegar ao peso ideal, mas ficar nele pelo resto da vida. Isso exige a adoção de hábitos saudáveis pra sempre.

Até graus menores de sobrepeso podem levar indivíduos susceptíveis a desenvolver doenças. Mesmo que o obeso esteja com seu colesterol controlado, não tenha diabetes, nem hipertensão, assim como outros problemas, a tendência é que venha a desenvolver alguma dessas doenças no futuro.

Estima-se que, no Brasil, cerca de 40% da população está acima do peso ou é obesa. A obesidade é reconhecida pela OMS – Organização Mundial de Saúde como doença grave, que atinge proporções epidêmicas no mundo.

Frente à sua importância, a obesidade é tema do Congresso Paulista de Clínica Médica, que acontece em 16 e 17 de abril de 2010, no Fecomercio (R Plínio de Barreto, 285), em São Paulo (SP). Informações no site www.clinicamedicaonline.com.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Brasília sedia I Fórum de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira

A cidade de Brasília, Distrito Federal, sedia, em 2 de outubro de 2009, o I Fórum de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira. Lideranças das Sociedades de Especialidade Médica, de Cooperativas, e das Federadas da AMB debaterão principais problemas ligados ao trabalho e à valorização dos profissionais de medicina, para traçar uma política conjunta de atuação.

Estarão em debate a relação com os planos de saúde, o Sistema Único de Saúde, a remuneração dos médicos, entre outros pontos. O Fórum acontece na sede da Associação Médica de Brasília – Setor de Clubes Sul, Trecho 3, Conjunto 6, telefone (61)  2195.9797.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Dia 2 de outubro, sexta-feira

9h às 9h30

 

Abertura: (Dr. José Luis Gomes do Amaral e Dr. Roberto Gurgel)

9h30 às 12h

PLANOS DE SAÚDE

Coordenadores Drs. Amilcar Giron/Florisval Meinão

– Rol da ANS

– TISS

– CBHPM na saúde suplementar

– TUSS

– Honorários profissionais

– Debates

 

12h às 14h

Almoço

 

14h às 17h

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Coordenadores: Drs. Florentino Cardoso/ Roberto Gurgel

– Análise crítica da tabela do SUS

– Formas de remuneração no SUS

– Modelos de Gerenciamento do Serviço Público (administração direta x contratação de terceiros)

Debates

 

17h às 18h

Propostas e Conclusão

 

Acontece Comunicação e Notícias 
Chico Damaso ou Monica Kulcsar

(11) 3873.6083 / 3871.2331

acontececom2@uol.com.br

www.acontecenoticias.com.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

53º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Informações e release sobre o 53 CBGO / Febrasgo Read the rest of this entry »
Tags
Cursos