Get Adobe Flash player

Simpósio

Atuação técnica da ANS nos planos de saúde é tema de curso do IBDSS, dia 06 de maio, em São Paulo

A situação econômica do país começa a se refletir em diversos setores de prestação de serviços, especialmente os de atendimento ao público consumidor em grande escala. Este é o caso em especial da saúde suplementar, responsável pela atenção médica de 45 milhões de brasileiros. Num momento em que a judicialização da saúde, o desrespeito às regras pactuadas em contratos e a crescente falta de condições materiais, técnicas e humanas da área pública em prestar assistência médica à população, o Instituto Brasileiro de Direito da Saúde Suplementar (IBDSS) preparou nova rodada de análise da atuação técnica da Agencia Nacional de Saúde Suplementar. O curso tem como ponto central compreender o processo sancionador da ANS e vai acontecer dia 06 de maio, sexta-feira, das 8h30 às 18h, na rua Santa Luzia, nº 48 – 11º andar, no bairro da Liberdade, em São Paulo. O curso é destinado a dirigentes, gerentes e diretores dos planos de saúde e de empresas prestadoras de serviços na área, advogados e estudantes de Direito, médicos, auditores, contadores, atuários, peritos e demais interessados no ramo. As vagas são limitadas e com desconto no pagamento até 20 de abril. Mais informações e inscrições pelo site ou pelo telefone (11) 3101-3095.

 

O coordenador José Luiz Toro da Silva, presidente do IBDSS e titular do Toro Advogados e Associados, abordará as estratégias de defesa que estão sendo adotadas pelas operadoras de planos privados de assistência à saúde, na fase administrativa e eventual discussão judicial com ênfase nos aspectos práticos, mostrando o funcionamento do processo administrativo sancionador e como as operadoras têm reduzido o passivo existente. Segundo o advogado, os planos privados de assistência à saúde ainda são frequentemente multados ou sofrem diversas penalidades aplicadas pela ANS. Acrescenta que parte considerável das defesas e recursos são apresentados sem o devido rigor técnico e não utilizam todos os mecanismos existentes. Como resultado, os planos de saúde são surpreendidos com multas expressivas que, na média, giram em torno de R$ 25 mil a R$ 80 mil. Valores que podem chegar a R$ 1 milhão devido a fatores de compatibilização como o porte da operadora e de agravantes.

 

Fonte: assessoria de imprensa

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

IBES promove Fórum: “Gestão do Corpo Clínico no Processo de Acreditação”

TEMAS ABORDADOS:

  • O Papel do Corpo Clínico no processo de Acreditação.
  • Desperdícios na gestão clínica.
  • O papel do corpo clínico no registro seguro.
  • Gestão do tempo e o impacto nos resultados assistenciais.
  • Comissões Médicas obrigatórias na melhoria na qualidade e segurança da assistência.
  • Gestão do Corpo Clínico: como eu faço.
  • Participação do Corpo Clinico no Planejamento Estratégico institucional.
  • Gerenciamento de Protocolos Assistenciais

29 de agosto de 2014, das 8:00 às 13:00 h
Hotel Quality Jardins: Alameda Campinas, 540 – São Paulo – SP
Investimento: R$ 580,00 (10% desconto acima de 3 inscrições)
Inscrições: www.ibes.med.br

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Seminário “Banco de Sangue de Cordão Umbilical para uso Alogênico”

Aumentar as chances de um paciente de leucemia ou linfoma encontrar células-tronco compatíveis para a realização de transplante de medula óssea é o principal desafio dos bancos públicos de sangue do cordão umbilical. Entre as pessoas que necessitam de um transplante, somente 25% encontram um doador compatível entre irmãos, índice que sobre para 60% a 70% entre não aparentados, provenientes de registros nacionais e internacionais e de material coletado e armazenado nesses bancos.

 

Por esta razão, o Hospital Sírio-Libanês (HSL) estabeleceu uma parceria com o Amparo Maternal, maternidade filantrópica da cidade de São Paulo, com atendimento exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2010, as duas instituições têm um acordo para o funcionamento do Banco Público de Sangue do Cordão Umbilical e Placentário mantido pelo HSL.

 

Com este perfil, o Amparo Maternal consegue representar de maneira mais abrangente a miscigenação genética brasileira, formada por caucasianos, índios, negros e outras etnias, o que facilita a identificação de doares compatíveis.

 

A partir de março, será intensificada a capacitação de obstetras e todos os profissionais que fazem parte do incentivo e da coleta de sangue de cordão umbilical tanto do Amparo Maternal quanto de outras instituições, para ampliar o número de unidades de sangue de cordão umbilical coletadas e, consequentemente, aumentar a oferta genética já oferecida pelo Banco. “O objetivo é desenvolver e articular capacidades para uma atuação de excelência dos profissionais, além de aumentar a conscientização e a educação das gestantes quanto à importância da doação do sangue do cordão umbilical, procedimento que não oferece qualquer risco à saúde”, explica Dr. Alfredo Mendrone Junior, coordenador do Banco de Sangue do HSL. Em 2 anos de projeto já foram coletados 1.541 cordões.

 

Uma das principais vantagens dos bancos públicos de sangue é proporcionar uma redução significativa do tempo para a realização do transplante, a partir da localização das células compatíveis. “No caso dos transplantes realizados com células obtidas de doares não aparentados, pode-se levar até seis meses entre a identificação de um doador e a coleta do material”, afirma Dr. Sérgio  Fernando Rodrigues Zanetta, Superintendente Executivo do Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL). “Quando encontramos uma unidade de sangue compatível em um banco público, esse tempo cai para, no máximo, 20 a 30 dias, pois as amostras já estão previamente testadas, classificadas e congeladas”, conclui.

 

Serviço:

Banco de Sangue de Cordão Umbilical para uso alogênico – presente e perspectivas

Data: 11 de março

Horário: a partir das 20 horas

Local: Amparo Maternal (R. Loefgreen, 1.901 – Vila Clementino)

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Seminário Melhores Práticas de Negociação em OPMEs

Por: Informa Group

O Informa Group, referência no mercado de convenções e conferências, está desenvolvendo para 21 de Fevereiro de 2013 o Seminário Melhores Práticas de Negociação em OPMEs.

O seminário tem um foco altamente estratégico e busca encontrar soluções de negociações e diminuição de desperdícios financeiros para todos os players, reduzindo os conflitos de interesse e melhorando o relacionamento entre Operadoras, Hospitais, Médicos e Fornecedores.

Os principais assuntos abordados serão: melhores práticas de negociação entre os players, avaliação das novas tecnologias em relação a custos X benefícios, alterações decorrentes das novas regulamentações do setor, assim como atuações diante de judicializações por matérias de alto custo.

O conteúdo cuidadosamente elaborado através de uma intensa e direcionada pesquisa com os players de saúde, tornou possível o desenvolvimento de uma agenda totalmente direcionada a realidade, tendências e necessidades do setor.

O evento é dirigido a toda cadeia de saúde com foco em benchmarking para o desenvolvimento de novas diretrizes estratégicas, proporcionará um intenso networking com líderes de todo o Brasil.

Mais informações – http://www.informagroup.com.br/site/hotsite_ibc.asp?IdEvento=340

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Ginecologia – Evento Esfera

Confira os destaques do evento promovido pela Bayer Healthcare:

 

 

 

video platform video management video solutions video player

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Congresso internacional de qualidade e segurança em saúde

Congresso internacional reunirá profissionais do Brasil e do exterior para discutir qualidade e segurança em saúde

 

De 13 a 15 de junho, o Rio de Janeiro será palco de um dos mais importantes eventos sobre Acreditação em saúde. Especialistas nacionais e internacionais do setor estarão reunidos para discutir o tema “A Evolução da Acreditação: Novos Desafios para a Segurança Clínica – Impactos, Resultados e Caminhos”.

 

Promovido pela Joint Commission International (JCI) e pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA) – a JCI é a maior agência acreditadora do mundo –, o evento contará com três conferencistas ‘de peso’. Mark R. Chassin, presidente da The Joint Commission, participará da conferência “Acreditação: Os Desafios para a Qualidade e Segurança do Cuidado ao Paciente”. A conferência “O Papel da Liderança na Promoção da Acreditação para Melhorar a Qualidade do Cuidado ao Paciente” terá como convidado especial o presidente da International Society for Quality in HealthCare (ISQua), Philip Hassen. Já Paula Wilson, presidente da Joint Commission Resources e Joint Commission International, fará a conferência “Acreditação Internacional – Estratégias na criação da Rede Internacional de Qualidade e Segurança”.

 

Paul VanOstenberg, Diretor Executivo da JCI, e David Greenfield, pesquisador sênior no Centro de Pesquisa e professor adjunto na Faculdade de Saúde Pública e Medicina Comunitária da Universidade de New South Wales (Austrália) são outros dois convidados internacionais. Eles participarão do painel “Impacto da Acreditação na Qualidade e na Eficiência do Cuidado”.

 

O Congresso terá ainda mais três painéis (“Acreditação de Planos de Saúde”, “Impactos da Acreditação na Eficiência dos Serviços Prestados” e, “Arquitetura Hospitalar e sua interface na Qualidade e Segurança Clínica”) e quatro mesas redondas (“Segurança Clínica: Indicadores de Desempenho”, “Programas de Cuidados Clínicos: O Foco na Necessidade do Paciente”, “Profissão Médica: Ontem, Hoje e Amanhã” e, “Bioética – O Paciente como Agente de Decisão de seu Cuidado”).

 

O Congresso Internacional de Acreditação acontecerá de 13 a 15 de junho no Rio Othon Palace, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Mais informações através do telefone (21)3299-8202 ou pelo e-mail ensino@cbacred.org.br.

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Interação Coração-Pulmão

Interação Coração-Pulmão III Simpósio Internacional sobre Monitorização em UTI - AMIB Read the rest of this entry »

Sessão Clínica: Escolha de fluídos para ressucitação de pacientes graves

Sessão Clínica: Escolha de fluídos para ressucitação de pacientes graves III Simpósio Internacional sobre Monitorização em UTI - AMIB Read the rest of this entry »

Terapia Precoce Guiada por metas

Terapia Precoce Guiada por metas III Simpósio Internacional sobre Monitorização em UTI - AMIB Read the rest of this entry »

Monitorização Hemodinâmica: Equipamentos e Técnicas

Monitorização Hemodinâmica: Equipamentos e Técnicas III Simpósio Internacional sobre Monitorização em UTI - AMIB Read the rest of this entry »
Tags
Cursos