Get Adobe Flash player
Login
Notícias

Pesquisa americana correlaciona positivamente escolaridade e níveis de saúde

O nível de escolaridade e o nível de renda estão dfiretamente associados a uma melhor saúde, de acordo com pesquisa publicada pelo CDC – Centers for Disease Control and Prevention’s National Center for Health Statistics.

 

A pesquisa descobriu que pessoas mais educadas com rendimentos mais elevados sofrem menos de doenças crônicas e vivem mais do que os pobres menos instruídos. “Não ter educação e ser pobre é prejudicial a sua saúde”, disse a co-autora Amy Bernstein, diretora de projetos da divisão de análise e de epidemiologia dos Centros de Controle de Doenças e Prevenção do Centro Nacional para Estatísticas de Saúde.
Isso é em parte porque as pessoas com menos vantagens muitas vezes têm hábitos de saúde que incluem pior dieta, menos exercício e tabagismo, explicou.
É frustrante para a comunidade de saúde pública que isso não está mudando. Queremos eliminar as disparidades de saúde“, disse Bernstein (em referência ao sistema americano de saúde).

Por exemplo, 44 ​​por cento das pessoas abaixo do nível da pobreza têm uma deficiência, em comparação com 24 por cento acima da linha da pobreza, disse ela. “Estas são diferenças muito grandes. Estar abaixo da linha de pobreza é muito ruim para sua saúde“, disse Bernstein.

Os destaques do relatório incluem:

  • 24% dos rapazes e 22 % das mulheres eram obesas em casas onde os pais não se graduaram no ensino médio.
  • 11% dos rapazes e 7% das raparigas eram obesas em casas onde os pais tinham um diploma universitário.
  • Até 43 % das mulheres com idades entre 25 e mais,  sem um diploma universitário, são obesas. A obesidade entre os homens não se alterou com a educação.
  • 31% dos adultos com um diploma do ensino médio ou menos são fumantes, comparados com 9 % das pessoas com um diploma universitário.
  • No geral, o tabagismo caiu de 21% em 2006 para 19 % em 2010.
  • Homens com 25 anos, sem diploma de ensino médio, vivem cerca de nove anos a menos do que os homens com um diploma universitário. Para as mulheres, era cerca de oito anos a menos. Isso significa um aumento nesta disparidade de cerca de dois anos desde 1996.

 

Além de renda e as disparidades educacionais, os pesquisadores também descobriram:

  • Metade de todos os adultos não faz atividades aeróbicas, especialmente os adultos mais velhos.
  • Aumentou ligeiramente a proporção de mulheres fazendo mamografias (67 por cento em 2000, 70 por cento em 2010).
  • Aumentou a incidência de câncer de cólon, com o aumento da taxa de 34 por cento em 2000 para 59 por cento em 2010.

 

Dr. David Katz, diretor do Centro de Pesquisa e Prevenção da Universidade de Yale School of Medicine, disse que “a boa notícia é a expectativa de vida subiu, algumas disparidades estreitaram-se e algumas medidas-chave da qualidade dos cuidados de saúde do país, tais como a mortalidade infantil – melhoraram. A utilização de serviços clínicos, incluindo serviços de prevenção, também melhorou um pouco ao longo do tempo “.

A maior oportunidade para melhorar a saúde reside no campo dos comportamentos de estilo de vida – Evitar o tabaco, manter uma alimentação saudável, realizar atividade física rotineira“, disse Katz.
Outro elemento preocupante é a associação entre menor escolaridade e piores resultados de saúde, Katz acrescentou. “Impedimentos financeiros para uma educação de qualidade podem se traduzir em custos de saúde para baixo da linha.
Comparado com muitos outros países, os Estados Unidos gastam mais em saúde e “tem menos saúde para mostrar para ele”, disse Katz.

Mais informações:

(Fontes: Amy B. Bernstein, D.Sc., project director, U.S. Centers for Disease Control and Prevention, National Center for Health Statistics, division of analysis and epidemiology; David L. Katz, M.D., M.P.H., director, Prevention Health Center, Yale University School of Medicine, New Haven, Conn.; May 16, 2012, CDC report, Health, United States, 2011)

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Tags
Cursos